produtores

Pedro Pires Nasceu em Lisboa em 1975. Estudou Tradução e Interpretação no ISLA e a partir de 1998/99 estuda Comunicação Global e Marketing. Ao mesmo tempo acumula o curso de produção de espectáculos, música e cinema no Instituto das Artes e do Espectáculo. É neste período que inicia o seu trabalho em teatro, música e cinema, tendo trabalhado com The Gift, Xutos&Pontapés, Phillarmonic Weed e Terrakota. Durante a EXPO98 é colaborador na produção, promoção e assistência a actores do evento “A Palavra do Dia”. Em cinema participa na produção e assistência de figurinos na primeira curta-metragem de terror portuguesa “I’ll See You in My Dreams”. Em dança/performance, trabalha com Maria Reis Lima em “Deserto” e com Filipe Carneiro em “Part.1” e “Part.2/Sílabas” e em teatro com a companhia Truta no espectáculo “Da Felicidade”. Entre finais de 1998 e 2010, foi membro do Teatro Praga, onde dirigiu a produção dos espectáculos da companhia, assim como as relações nacionais e internacionais no âmbito das digressões dos espectáculos e presença da companhia em eventos e actividades. Em 2009, colaborou no projecto “Audio Menus” de Patrícia Portela. Em 2010 integra a equipa da “AutoRádio Alkantara”, uma criação de Patricía Portela/Prado e a equipa de produção de “Amigos Coloridos”, uma co-produção Alkantara Festival e Prado. Em Julho produz também “O Dia Universal dos Microrganismos”, um evento no âmbito da rúbrica “Quem Manda Sou Eu” no Pavilhão do Conhecimento e que partiu de um convite daquela estrutura a Patrícia Portela e Mark Deputter. Em Maio de 2010 junta-se à Prado a convite de Patrícia Portela e produz “A Colecção Privada de Acácio Nobre”. A partir de então torna-se produtor da estrutura, tendo participado até ao momento na produção nacional e internacional dos trabalhos da estrutura.

Beatriz Cantinho Doutorada em Dança/Filosofia pelo Colégio de Artes de Edimburgo, Universidade de Edimburgo. Visiting Scholar na NYU/TISCH, Departamentos de Performance e Cinema. Mestre em Filosofia/Estética pela U.N.L sob orientação do filósofo José Gil. Licenciada em Dança pela E.S.D. Estágios profissionais: Companhia Royal de Luxe e Teatro Noh no Kyoto Art Center. Desde 1997 que desenvolve trabalho coreográfico de sua autoria (“Parde2”, “Scch…um ensaio sobre o silêncio”, “Peça Veloz Corpo Volátil”, singularity) ou em Teatro, Artes Plásticas, cinema com trabalhos de sua autoria e/ou em colaboração com outros artistas (Herwig Turk,Valério Romão, Ricardo Jacinto, Vangelis Lymporidis, Shiori Usui, C. Spencer Yeah). O seu trabalho artístico tem sido apresentado tanto em Portugal como no estrangeiro. Investigação publicada em contexto artistico e académico: Neues Museum Weserburg Bremen, Alemanha, Journal of Theatre and Performing Arts, Reino Unido, Universidades de Edimburgo, Cambridge, Surrey, Chelsea College of Art.