PRIMEIROS SINTOMAS

Primeira reunião

Camarim 5 | 11:00-13:00h

Há doze anos que o Miguel Castro Caldas chega aos ensaios com a peça por acabar. Para que seja ainda discutida e experimentada, com os actores e o encenador. Desta vez, o encenador, Bruno Bravo de seu nome, encomendou o seguinte ao Miguel Castro Caldas: desta vez entregas-me a peça toda escrita e acabada e não quero saber mais nada, nem sequer quero saber o que vais escrever. Esta reunião é o primeiro encontro em que o Miguel Castro Caldas mostra ao Bruno Bravo o que tem andado a fazer. Vai haver discussão de certeza. E a reunião é aberta por causa destas curadoria esquisitas, por isso pode vir quem quiser discutir também, é agora o momento em que o rio é um fiozinho que basta pôr um pé para o fazer mudar de direcção.

Os Primeiros Sintomas são um grupo de teatro sediado em Lisboa, com direcção artística de Bruno Bravo. Estrearam em 2001, com o espectáculo A´ROSAS SUICIDAMSE, com encenação e interpretação de Bruno Bravo e Élvio Camacho, a partir de Greguerías de Ramón Gómez de La Serna, em co-produção com o Teatro Experimental do Funchal, no Teatro Municipal Baltazar Dias (Funchal), Chapitô e Teatro da Barraca (Lisboa).